Bolsas de Estudo

Pioneiro no país, o Fundo de Bolsas já concedeu mais de 20 mil bolsas restituíveis aos seus alunos com necessidade comprovada de auxílio financeiro. O financiamento de bolsas, com restituição obrigatória e sem juros, acontece graças à colaboração de empresas e pessoas físicas (alunos, ex-alunos, ex-bolsistas, professores e funcionários).

Cerca de 17% dos alunos de Graduação são atendidos por bolsas de estudo nas seguintes modalidades:

1) Bolsas Não Reembolsáveis

a.1) Bolsas para Alunos com Dificuldade Econômica - aplicáveis para alunos aprovados tanto no Processo Seletivo Nacional - Vestibular quanto ao Processo Seletivo Nacional - ENEM.

Ao todo, serão concedidas até 6 (seis) bolsas não reembolsáveis integrais (100%) a alunos aprovados no Processo Seletivo Nacional Vestibular e no Processo Seletivo Nacional - ENEM.

A bolsa será concedida por 08 semestres previstos para integralização dos 240 créditos que compõem o currículo.

Os candidatos a estas bolsas serão selecionados com base nos seguintes critérios:

  • Necessidade econômico-financeira adequadamente comprovada;
  • Desempenho no processo seletivo.

As condições para manutenção desta modalidade de bolsa exigem que o beneficiário:

  • Obtenha média geral acumulada superior ou igual a 7,00 (sete).
  • Apresente conduta compatível com as normas acadêmicas.
  • Não interrompa seus estudos no curso em que se destacou no Processo Seletivo correspondente, excetuando-se os casos: a) de interrupção por motivo de intercâmbio estudantil promovido por programa apoiado pela FGV/EAESP, com duração não superior a um ano escolar e b) de convocação para prestação de serviço à nação brasileira.
  • Não apresente alteração significativa de sua situação econômico-financeira.

O não atendimento das exigências para manutenção da bolsa implica sua perda definitiva.

As bolsas por necessidade econômica incluem as taxas escolares (40% da mensalidade) em caso de realização de intercâmbio por um semestre.

Os alunos que estejam cursando a Graduação não podem postular as bolsas de mérito ou de necessidade econômica em caso de reingresso no curso por meio da realização de novo processo seletivo.

a.2) Poderão ser concedidas outras bolsas não reembolsáveis considerando quesitos como diversidade e talento, definidos segundo critérios da FGV/EAESP.

 

2) Bolsas Reembolsáveis - aplicáveis para alunos aprovados tanto no Processo Seletivo Nacional - VEstibular quanto no Processo Seletivo Nacional - ENEM.

A FGV/EAESP concede, a alunos de Graduação com necessidade comprovada, financiamento de bolsas de estudos com ressarcimento obrigatório sem juros, atualizados pela variação do IGP-M, nas seguintes modalidades:

  • Bolsa de Estudo (de 20 a 100% da mensalidade escolar).
  • Bolsa Material Escolar (auxílio semestral para compra de livros e material escolar).
  • Bolsa Alimentação (auxílio semestral para ajuda na alimentação).
  • Bolsa Moradia (auxílio semestral aos alunos com maior dificuldade econômica e residentes fora da cidade de São Paulo).
  • Bolsa Transporte (auxílio semestral aos alunos com maior dificuldade econômica e residentes fora da cidade de São Paulo).

A aprovação do pedido do aluno para participar da modalidade Bolsa Reembolsáveis, concedida pelo Fundo de Bolsas da FGV-EAESP, dependerá da disponibilidade financeira em cada semestre, bem como do número de solicitações e dos percentuais solicitados.

As condições para manutenção desta modalidade de bolsa exigem que o beneficiário:

  • Obtenha média geral acumulada superior ou igual a 6,00 (seis).
  • Apresente conduta compatível com as normas acadêmicas.
  • A modalidade Bolsa Reembolsável não contempla o financiamento de:
    • créditos adicionais cursados em razão de reprovação (dependências);
    • trancamento de matrícula.